© Festival de Cinema da Lapa | 2019 | Todos os direitos reservados | informações: festlapa@gmail.com|  Desenvolvido por: Leandro Cordeiro

Na Mostra Competitiva, foram exibidos quatro longas metragens nacionais: “Isolados”, de Tomas Portella, “A Estrada 47”, de Vicente Ferraz, “O Menino no Espelho”, de Guilherme Fiúza Zenha e “Não Pare na Pista – A Melhor História de Paulo Coelho”, de Daniel Augusto. O grand vencedor do festival foi "Estrada 47" que conquistou 7 prêmios.

 

O ator Guilherme Weber recebeu o Troféu Tropeiro, destinado a personalidades com trajetória marcante no cenário artístico paranaense.

 

O Festival também premiou o ator Thogun, que integra o elenco de A Estrada 47, com o Prêmio Especial do Júri e entregou o Diploma de Mérito para as atrizes paranaenses Polliana Aleixo e Adriana Birolli por suas carreiras no teatro e na televisão.

Conheça todos os vencedores de de 2014

 

2014 - VII FESTIVAL

2013 - VI FESTIVAL

Disputam o Troféu Tropeiro os filmes “Flores Raras” de Bruno Barreto, “Somos Tão Jovens” de Antonio Carlos da Fontoura, “Cara ou Coroa” de Ugo Giorgetti e “Corações Sujos” de Vicente Amorim.  O Grande vencedor do festival foi "Flores Raras" de Bruno Barreto, que ganhou melhor filme e mais 3 estatuetas.

 

O ator Jackson Antunes também recebeu o Troféu Tropeiro pela sua destacada carreira no cinema e na televisão..

 

Os produtores Salete Machado e Talício Sirino, da Tigre Filmes, também foram agraciados com o Troféu Tropeiro, como reconhecimento pelo trabalho na realização e exibição de filmes paranaenses no Brasil e no exterior. 

Conheça todos os vencedores de 2013

 

2012 - V FESTIVAL

Disputaram o troféu tropeiro os filmes “O Palhaço” de Selton Mello, “Capitães da Areia” de Cecília Amado, “Canta Maria” de Francisco Ramalho Jr. e “A Suprema Felicidade” de Arnaldo Jabor, o evento teve como destaque o filme O Palhaço, que venceu as categorias de Melhor Filme e Melhor Direção, para o diretor Selton Mello. Selton, que prestigiou o Festival ao lado do roteirista do filme, Marcelo Vindicatto, recebeu animado o troféu. O ator Paulo José, representado na ocasião por Selton, foi homenageado com o Prêmio Especial do júri pelo conjunto da sua obra.

 

O músico e ator Alexandre Nero foi o homenageado desta edição, recebendo na noite de sábado o Troféu Tropeiro da Lapa.

EDIÇÕES ANTERIORES